Como iniciar um Cannabis Dispensário

A maconha tornou-se legal em muitos estados e, portanto, abre o caminho para grandes oportunidades de negócios no campo da maconha medicinal. De acordo com um Forbes artigo, a indústria da cannabis tem o potencial de gerar negócios que valem mais do que $30 bilhões por 2025. Portanto, se você tem um espírito empreendedor e possui um bom apetite pelo risco e coragem para investir algum capital decente, então, abrir um dispensário de cannabis é lucrativo e faz todo o sentido na economia crescente da maconha. Contudo, como qualquer novo negócio, uma startup de dispensário de cannabis também está exposta a desafios de negócios envolvendo capital inicial, leis de negócios, licenças médicas e alimentares, e custos operacionais. Mas, não precisa se preocupar. As dicas a seguir lhe darão uma abordagem passo a passo para iniciar um dispensário de cannabis.

1. Conhecimento sobre Cannabis

Depois de entender as legalidades e finanças, o próximo passo é aprender sobre cannabis e seus produtos. Ajudaria se você aprendesse sobre os diferentes tipos de cannabis e seus benefícios, como os canabinóides reagem com o corpo, e também sua base de clientes, ou seja, os clientes em potencial que comprariam de você. A maioria dos novos clientes não terá conhecimento da maconha medicinal e seus benefícios. Alguns deles podem até ser céticos. Como proprietário de uma empresa, você precisa educá-los sobre os benefícios do uso de cannabis e como seu dispensário de cannabis pode ajudá-los com seus problemas por meio de produtos de cannabis de alta qualidade. Através do seu conhecimento adquirido sobre cannabis, você pode conquistar a confiança de seus clientes e garantir relacionamentos de longo prazo com os clientes. Por ganhar experiência acadêmica em cannabis, você pode experimentar os cursos de várias universidades on-line de cannabis ou participar de programas em sala de aula de universidades como a Universidade de Oaksterdam e a Universidade de Clover Leaf.

2. Pesquise as questões legais de iniciar um negócio de cannabis

legal

O risco mais significativo de administrar um dispensário de maconha é o fato de que a maconha ainda está sujeita às leis federais e pode ser ilegal em algumas partes do país. Por exemplo, a classificação nacional da maconha medicinal se enquadra em uma tabela 1 medicamento sob o FCSA. Portanto, conforme leis federais, sementes de maconha não podem ser prescritas. Contudo, leis estaduais podem ser indulgentes nesse caso. Portanto, operando o sementes de maconha negócios podem ser complicados, e recomendamos a ajuda de um advogado especialista antes de abrir a empresa para entender os termos legais.

Além das legalidades da própria droga, existem outros parâmetros para olhar, como se você tivesse antecedentes criminais anteriormente, você pode achar difícil começar o negócio. Outras leis do governo local incluem dispensários de maconha devem estar longe de locais públicos, como escolas, igrejas, etc. Mesmo para publicidade, você deve estar ciente das regulamentações estaduais sobre sinalizações comerciais de maconha no espaço público. Além disso, você precisa conhecer o limite de vendas de cannabis por cliente imposto pelo estado. Por exemplo, no estado da Califórnia, legalmente, os cidadãos podem comprar apenas até 1 onça por dia de cannabis. Seus caminhões de suprimentos também devem ter uma licença de transporte de maconha exclusiva.

3. Pesquise as finanças de começar um negócio de cannabis

Além dos riscos legais, o dispensário de cannabis também traz riscos financeiros. O investimento inicial de capital pode custar mais de meio milhão de dólares. Colocar os investidores a bordo é um desafio. Devido às popularidades mistas do negócio da cannabis, alguns bancos não lhe emprestam dinheiro ou permitem que você opere seus negócios através deles. Portanto, Ajudaria você a contratar serviços de empresas financeiras de renome & tente gerenciar seus negócios com dinheiro. Deve-se também fazer uma lista do capital de giro necessário para iniciar este negócio. Pode começar do básico, como investir em uma boa apólice de seguro,câmeras de videovigilância e sistemas de alarme anti-roubo, etc.

4. Esboçar um plano de negócios

Existe um ditado comum de que um objetivo escrito já está meio alcançado. O mesmo vale para o dispensário online Canadá o negócio. Seria melhor se você escrever um plano de negócios completo para o seu dispensário. Se o seu plano de negócios parece bom, vai atrair investidores para injetar capital em seu empreendimento. Um plano de negócios sólido consiste em uma análise de mercado adequada e pesquisas sobre a indústria da cannabis. A pesquisa de mercado deve incluir dados demográficos do cliente junto com suas necessidades e como você planeja anunciar seu produto para eles. A análise de mercado também leva a um estudo dos concorrentes atuais e tendências da indústria no negócio de cannabis. Os concorrentes te dão a ideia de planejar seu produto para vender e atrair os clientes de forma diferenciada. Em seguida, apresenta um plano robusto de vendas e marketing para determinar qual é o seu USP e como comercializar seus produtos.

Depois de delinear o plano de vendas, você então passa a escrever a parte de Gerenciamento e Operações de seu negócio. Seus potenciais investidores devem saber quem você planeja colocar nos conselhos de liderança. A seção de operações envolve detalhes sobre a localização da sua loja, empregados, processos de fabricação, fornecedores, transporte, e inventários. Depois de definir tudo isso, vem a parte do dinheiro. A seção Financeira do seu plano de negócios deve incluir sua demonstração de resultados, seu balanço, e sua folha de fluxo de caixa. Lembre-se de resumir todos os detalhes essenciais em um Resumo Executivo. É a seção que será lida pela primeira vez pelos seus potenciais investidores. Adicione gráficos suficientes, As fotos, e fluxogramas para transmitir sua mensagem através.

5. Mão de obra

Para um sucesso Dispensário de ervas daninhas do Canadá, você precisará construir uma equipe de pessoas. Sua força de trabalho consistirá principalmente em 2 tipos de recursos: um que lida com suas operações diárias e o outro que presta serviços de suporte. Os recursos humanos devem ser qualificados, fiel, e deve ter a mesma visão de sucesso que você tem para o seu negócio.

A equipe de operações do dia-a-dia inclui licitantes que possuem conhecimento técnico sobre cepas de cannabis e seus usos e podem demonstrar seu conhecimento especializado aos clientes para mantê-los felizes. Gerentes e assistentes administrativos formam outra parte da equipe de operações. Os gerentes podem manter uma equipe unida, enquanto admin. Os assistentes podem fazer uma ampla gama de atividades diárias, como contabilidade, ISTO, ou até mesmo trabalho de escritório de recepção. Além destes, você também precisa de uma equipe de diretores e influenciadores que podem trazer negócios para você por meio de networking e visitas às autoridades locais e contatos importantes. Não se esqueça da equipe de segurança em sua lista de operações do dia-a-dia. Ajudaria se você mantivesse seus funcionários e local de trabalho protegidos e protegidos. Portanto, contrate uma equipe de segurança confiável.

Os serviços de suporte incluem principalmente equipes jurídicas e financeiras. Como acima mencionado, você precisa de um bom advogado e um contador para garantir que seu negócio de cannabis navegue sem problemas pelos vários riscos legais e financeiros. Um bom contador pode ajudá-lo a economizar muito dinheiro, efetuando sua declaração de impostos com mais eficiência. Seu advogado também pode precisar de um responsável pela conformidade para garantir que o seu dispensário de cannabis siga diligentemente todos os regulamentos estaduais e federais.

6. Encontre um local para operar a partir de

Um local perfeito para cannabis é aquele que está de acordo com todos os regulamentos estaduais e federais que você pesquisou no Step 2. Para minimizar o custo do negócio, você deve começar por alugar e não comprar um imóvel. Ao alugar, certifique-se de informar o seu senhorio que vai operar um dispensário de cannabis para garantir que ele / ela o apoia. Sua localização deve ser fácil de encontrar para seus clientes. Para procurar o local ideal para o seu dispensário de cannabis, entre em contato com corretores de imóveis que são especialistas em encontrar espaços de trabalho para empresas de cannabis.

7. Campanha de Marketing

trabalhando, computador

Depois de ter um bom conhecimento da indústria da cannabis e ter uma equipe forte de pessoas, é hora de marketing. O marketing é essencial para criar a imagem certa da indústria da cannabis para as pessoas. O marketing digital ajuda a atrair e envolver novos clientes por meio de vários canais. O marketing digital pode ser feito usando as redes sociais, diretórios, e outras táticas. Com a ajuda do marketing, você deve ser capaz de oferecer serviços de qualidade e satisfação do cliente. Para desenvolver sua identidade de marca, você deve promover as melhores qualidades do seu dispensário de cannabis. Pense nos pontos que distinguem sua marca das outras. Pense nos produtos de maconha que seus clientes não encontrarão em nenhum outro lugar, exceto com você. Além disso, entenda que não importa o quão bom é o seu produto, se a experiência do seu cliente não for boa para você, então eles não vão voltar para sua marca.

Com base nessas dicas, você deve projetar o interior e o exterior do seu dispensário, seu site, logotipo da empresa, e nome da empresa. Lembre-se de divulgar a política de sua marca na forma de recursos visuais. Os interiores de sua loja ou site são a primeira interação que um cliente tem quando chega ao seu dispensário. assim, é vital torná-lo atraente para que o cliente fique e adore visitar novamente. Seja consistente com a qualidade de seus produtos, o que ajuda a manter o status de sua marca.

O site é importante para estabelecer credibilidade. No mundo de hoje, cada empresa tem uma presença online na forma de um site e outros canais de mídia social. Ao projetar seu site, você deve coordenar por cores com o logotipo do seu dispensário. Simplifique, criativo, e amigável. O cliente deve ser capaz de encontrar o que você está oferecendo facilmente. Eles devem ser capazes de entender a missão e a visão de sua marca por meio de seu site. Não irrite os visitantes do seu site com muitos pop-ups. Os blogs do site devem ser atualizados e promovidos com frequência nos canais de mídia social. Juntamente com o seu site, você também deve ter uma forte presença na mídia social. Você deve adicionar seu dispensário de maconha em canais de mídia social como o Facebook, Twitter, Instagram, Linkedin, e Pinterest. Torne seus canais de mídia social atraentes usando postagens de criativos. Suas postagens podem ser em formato de imagem ou vídeo.

Finalmente, existem muitas regras e mudanças de regulamentação acontecendo no campo do marketing de maconha. Mantenha-se atualizado com essas regras. As regras de publicidade da maconha são rigorosas em comparação com outras empresas. Plataformas de marketing específicas proibiram completamente a publicidade de cannabis devido ao status governamental.

8. Grande abertura!

Agora que você entendeu os riscos e benefícios de iniciar um dispensário de cannabis, é hora de você abrir seu dispensário. Você tem todas as informações sobre publicidade, contratação de pessoas, e entender as legalidades. É hora de iniciar o seu negócio. Uma das melhores maneiras é começar com uma grande inauguração. Fazer uma grande inauguração é sua oportunidade de causar a primeira impressão. assim, você tem que ter certeza de que a primeira impressão é positiva e dura muito. Pense em maneiras criativas para uma grande inauguração, ou seja, algo mais do que bolo e café. Você pode organizar um churrasco no quintal ou contratar um DJ. Você deve convidar as pessoas da comunidade local e outras marcas de cannabis também.

Você também deve considerar falar sobre sua marca, seu time, e dar os produtos durante a hospedagem. É essencial reconhecer sua equipe, quem é a espinha dorsal do negócio. Sua equipe deve sentir o quanto são importantes para o sucesso da sua empresa. Apresentá-los aos visitantes na grande inauguração. Pessoas que conhecem você e sua empresa são cruciais para o crescimento dela.

Forneça informações sobre o produto e as diferentes linhagens de sementes de maconha que as pessoas podem obter da sua loja. Você também pode compartilhar informações sobre os vários benefícios de consumir cannabis, como comprar cannabis na sua loja, as últimas descobertas, e quem deveria tomar cannabis. Educá-los sobre tópicos comuns limpará muitos conceitos errados sobre a maconha. Você pode coletar os detalhes de contato dos visitantes para enviá-los por correio sobre ofertas ou blogs do site. Seu entusiasmo e compromisso atrairão mais pessoas.

Conclusões:

A seguir estão as etapas para iniciar um dispensário de cannabis. Com os regulamentos e legalizações, administrar um dispensário de maconha pode ser um desafio. Mas com o plano de negócios certo, você pode ser bem sucedido neste campo. Crie ideias criativas para alcançar mais consumidores, talvez até saia com um dispensário somente CBD. A incorporação de novos elementos ao seu dispensário e site ajudará você a desenvolver um negócio de sucesso.